Tristeza não tem fim…

Enquanto as lágrimas caem, as palavras fogem. É como se aquelas em que mais confiei me abandonassem, sem deixar a oportunidade para dizer um adeus a quem hoje me deixa.

Talvez elas estejam indo justamente por saberem ser inúteis. Elas conhecem a sua própria limitação em expressar a grandeza de tudo o que foi. De todos os momentos, todos os sorrisos e todas as lágrimas. Dos minutos divididos quase na incerteza com a única garantia de que não seriam vãos.

É… Elas devem mesmo saber … Devem entender que são pequenas demais diante de  tanta coisa boa que ainda existe aqui dentro do peito e que luta contra a tristeza enorme que sufoca, angustia e quase mata.

Diante disso, elas perdem-se… E deixam-me  aqui com as lembranças, as memórias do que foi e as projeções do que poderia ter sido se não fosse o incompreensível, aquilo que está fora do nosso alcance, o simples que de tão simples torna-se complexamente doloroso.

Mas, se ainda me resta voz, mesmo que embargada, gostaria de fazer um pedido às letras para pronunciar uma palavra. Uma única, a última: Amor! É, pensando bem, ela diz tudo.

Drica

Anúncios

Sobre waissfoüderes

A equipe "waissfouderes" é formada por Creber, Drica, Falácia, Felícia e Psicotropical. Por enquanto... Siga o nosso twitter: @waissfouder
Esse post foi publicado em éfroyder e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s